top of page
Turma da Mônica: Amigos da floresta

Turma da Mônica: Amigos da floresta

Autor: Sérgio Olaya
Editora: Bertrand Brasil
Idade: a partir de 5 anos
Páginas: 40

A Turma da Mônica e do Chico Bento, do consagrado quadrinista Mauricio de Sousa, embarcam em uma aventura com o professor Tupã pela Vila Abobrinha. Com texto de Sérgio Olaya, especialista em agrofloresta, eles vão aprender muito sobre a natureza e seus poderes mais que mágicos.



“Estes incríveis personagens que vivem as aventuras desta visita ao sítio da Dona Cotinha e do seu Tonico, onde conhecem o professor Tupã e iniciam sua jornada de conhecimento cheia de curiosidade, descobrem que na floresta não domesticamos todos os animais, que o leite servido às crianças não vem da vaca, que não precisamos usar espantalhos contra as muitas e variadas aves na floresta, dispensando a criação de galinhas.

O novo professor que eles conhecem nada com a turma no ribeirão ― menos com o Cascão, que foge da água como um gato! E Tupã conta para as crianças na roda da fogueira sobre a sua Escola da Floresta e sobre as árvores que fabricam água! Tudo novo, na prática agroflorestal, uma maneira de produzir com fartura e abundância tudo de que precisamos para viver, com diversidade de plantas e bichos, em consórcio e colaboração de espécies. Professor Tupã fala de ecossistemas e biomas, além de ensinar que vivemos todos em lugares definidos por rios ― as bacias hidrográficas.

Uma fantástica aventura do conhecimento, com a turma toda descobrindo uma nova tecnologia (!) com a floresta produzindo chuvas, e o convite surpresa de Tupã para que todos passem um tempo fazendo plantios florestais, criando chuvas na sua Escola da Floresta.

Ah, e quase ia me esquecendo! Preciso falar do autor deste conto que virou uma historinha com a Turma da Mônica e a Turma do Chico Bento. Ele é um professor para mim também. Sérgio Olaya veio à aldeia Krenak, onde moro, e trouxe sementes variadas, mudas de árvores nativas do Brasil, com uns amigos plantadores de chuvas. Claro que eu retribuí esse presente que nos deram com um convite para a Dança do Fogo. Mas isso é outra história.”

bottom of page